Missão

Contribuir para a massificação do pagamento electrónico em Angola e para a eficiência geral do sistema de pagamentos angolano, garantindo segurança, eficácia, comodidade e inovação, ao menor custo possível.

Visão

Posicionar-se como operador tecnológico de referência de sistema de pagamentos a nível nacional e do continente africano.

Valores

Integridade: Respeitamos os mais elevados padrões éticos.

Cooperação: Reconhecemos na cooperação o sustentáculo de sistemas de pagamento partilhados.

Orientação para o cliente: Procuramos sempre as versões mais valorizadas pelo cliente final.

Rigor: Cumprimos com rigor os nossos compromissos e prestamos contas de forma regular e transparente.

Qualidade: Pomos qualidade em tudo o que fazemos.

Segurança: Privilegiamos a segurança acima de tudo.

Formação contínua: Acreditamos que o homem é a base do desenvolvimento sustentado.

Órgãos Sociais

Membros do Conselho de Administração

Presidente do Conselho de Administração (em representação do BNA)

  • Dr. Pedro Maiangala Puna (em representação do BNA)

Presidente da Comissão Executiva

  • Eng.º . José Gualberto de Matos

Administradores Executivos (integrantes da Comissão Executiva)

  • Dr. Victor Humberto Ferreira de Almeida
  • Dr. Joaquim Augusto Caniço

Administradores não-Executivos

  • Dra. Marília Poças (em representação do BPC)
  • Dr. Francisco Xavier Avilez (em representação do BFA)
  • Eng.º Fernando Aleixo Duarte (em representação do BIC)
  • Dra. Irisolange Verdades (em representação do BAI)
  • Dr. Paulo Fernando Tomás (em representação do BMA)
  • Dr. Gil Benchimol (em representação do BSOL)
  • Dr. João Batalha dos Santos (em representação dos bancos BCI, BCA, BANC, BCH e BIR)
  • Dr. Laide Moreira Martins (em representação dos bancos BKEVE, FNB, BNI, BVB, BYETU, BCS)
  • Dr. Eduardo Pinto (em representação dos bancos BE, BCGA, SBAO, VTB e BPT)

Mesa da Assembleia Geral

Presidente da Mesa da Assembleia Geral

  • Dr. Mário Maximino (em representação do BCGA)

Secretários da Mesa da Assembleia Geral

  • 1º Secretário: Dr. Francisco N´gola (em representação do BVB)
  • 2º Secretário: Dr. Divaldo dos Santos (em representação do BCS)

Membros do Conselho Fiscal

Presidente do Conselho Fiscal

  • Dr. Sabino Silva (em representação do BANC)

Vogais do Conselho Fiscal

  • 1º Vogal: Dra. Joana Franco (em representação do BIR)
  • 2º Vogal: Dr. Hector Matana (em representação do BYETU)
  • Vogal Suplente: Dr. Filipe Zola (em representação do BPT)

Comissão de Vencimentos

  • Coordenador: Dr. Pedro Castro e Silva (em representação do BNA)
  • Dr. Jorge Albuquerque Ferreira (em representação do BFA)
  • Dr. Alcides Safeca (em representação do BPC)

Mensagem do Presidente do Conselho de Administração

emis

Senhores Accionistas,

Terminado mais um Exercício Económico, é sempre com imenso prazer que nos dirigimos a Vexas para, em primeiro lugar, apresentarmos as nossas saudações e, de seguida, para cumprirmos o sagrado dever de apresentação das contas sobre o que foi a gestão e administração da sociedade por vós detida e que nós, pela magnitude dos seus fins ao serviço da banca nacional e pelos nobres interesses da população, nos orgulhamos de servir.

Como Vexas poderão constatar do Relatório que se segue, são deveras significativos os avanços que a EMIS vem somando ano após ano, situando-se hoje nos lugares cimeiros do ranking das empresas homólogas a nível não só da SADC mas do Continente africano em geral. Estamos conscientes, todavia, dos desafios que a dinâmica do processo nos reserva no futuro imediato.

O exercício de 2019 fica marcado pela entrada em serviço do novo canal interbancário MULTICAIXA Express, que constitui um dos projectos de maior sucesso que a nossa empresa já desenvolveu e que vem registando uma grande aceitação por parte da clientela bancária. A migração do cartão MULTICAIXA para a norma EMV teve também o seu efectivo arranque neste ano de 2019 e constitui um passo fundamental para reforçar a resistência à contrafação deste importante instrumento de pagamento. É também de registar a conclusão do Sistema de Débitos Directos e substancial avanço feito no Gateway de Pagamentos Online, uma iniciativa fundamental para dinamizar o comércio electrónico no nosso país.

Um dos desígnios da nossa sociedade é crescer com segurança e qualidade. Por isso e com aval dos senhores accionistas, apresentamos oportunamente e discutimos com o BDA a proposta de financiamento visando a implementação de um Plano Estratégico de Continuidade de Negócios pontualmente aprovado em Assembleia Geral de accionistas de 2017. Porém, face às limitações colocadas pelo BDA, o Conselho de Administração da sociedade viu-se obrigado a encarar outras alternativas para concretizar tão nobre objectivo, num horizonte temporal adequado.

Excelências, a EMIS tem como fundamento o aproveitamento do efeito de escala. Nos últimos cinco anos o crescimento do negócio em unidades físicas foi da ordem dos 170 % enquanto a inflação acumulada no mesmo período ultrapassou os 180 %. Isto significa que os ganhos de escala da sociedade foram consumidos pela inflação. No mesmo período de cinco anos o tarifário da empresa aumentou cerca de 20 %. Neste quadro, o autofinanciamento nos últimos cinco anos foi bastante sacrificado, o que afectou a capacidade de investimento. Essa redução no investimento não teve ainda consequências graves no negócio, mas não poderá manter-se por muito tempo, sob risco de deterioração dos níveis de serviço.

Apesar dessa envolvente macroeconómica pouco favorável, o movimento transacional na rede MULTICAIXA continuou a crescer e situou-se nos 26 % com relação ao ano transacto , tendo o exercício fechado com volume transacional de 570 milhões de transações financeiras no subsistema de cartões. No final do Exercício ora em análise, devidamente validado pela Auditoria externa, a EMIS apresentou um resultado final de Kz 927 mil milhões de Kwanzas cuja aplicação obedecerá aos estatutos da sociedade.

Senhores Accionistas, é do conhecimento de Vexas o processo em curso da retirada gradual do BNA do pacto social da EMIS, perspectivando-se a sua conclusão em finais de Dezembro de 2020. É, pois, recomendável que se iniciem passos importantes conducentes a assegurar no futuro a liderança consistente da sociedade sem que se verifiquem quebras de qualquer natureza.

A terminar, venho, em meu nome pessoal e em nome do Conselho de Administração da sociedade agradecer o apoio sempre pronto e inestimável recebido de. Vexas e em especial do BNA, na condução da política da EMIS. Aos quadros e trabalhadores da EMIS, quero também dirigir e sublinhar o meu “muito obrigado” pelo empenho sempre pronto e abnegado demonstrado ao longo do exercício.

PEDRO PUNA

PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

AccionistasCapital Social
Valor (AOA)%Nº Acções
1.421.000.00035.00%1.421.000
406.000.00010.00%406.000
406.000.00010.00%406.000
256.891.0006.33%256.891
253.679.0006.25%253.679
174.053.0004.29%174.053
169.821.0004.18%169.821
134.942.0003.32%134.942
115.159.0002.84%115.159
104.659.0002.58%104.659
98.329.0002.42%98.329
Caixa Angola
97.461.0002.40%97.461
45.402.0001.12%45.402
37.246.0000.92%37.246
36.508.0000.90%36.508
36.508.0000.90%36.508
36.508.0000.90%36.508
36.508.0000.90%36.508
36.508.0000.90%36.508
36.508.0000.90%36.508
36.508.0000.90%36.508
Outros83.516.0002.06%83.516
Totais4.059.714.000100%4.059.714

As acções têm um valor nominal de 1.000.

Emis

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.